quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

AS MAIORES DERROTAS DO EXTERMINADOR


Ele é um mercenário de sangue frio e o melhor assassino do Universo DC Comics. Um mestre estrategista e um lutador mortal, e nada vai impedi-lo de completar o seu contrato. Excelente personagem criado em 1980 por Marv Wolfman e George Pérez como arqui-inimigo dos Novos Titãs, Slade Wilson, o Exterminador (Deathstroke), sempre foi um favorito dos fãs. Ele apareceu na série animada para a TV Os Jovens Titãs, onde foi chamado simplesmente de Slade, já que seu codinome original foi considerado demasiado violento para o público mais jovem. Também fez participações especiais em diversas outras séries animadas como Justiça Jovem, e em séries para TV como Arrow. Além disso está disponível como um personagem jogável em games como Injustice: Gods Among Us, e também aparece nos jogos da série Arkham.

Origem de Slade Wilson, TALES OF THE NEW TEEN TITANS # 44 (1984)

O passado de Slade é muito semelhante ao de um popular herói da Marvel, o Capitão América (Até as escamas nos uniformes originais são compartilhadas por ambos). Alistou-se no exército aos 16 anos, mentindo sua idade apenas para servir o seu país. Ele lutou na Coréia por um tempo, até ser transferido para o Acampamento Washington, onde conheceu sua tutora e futura esposa, Adeline Kane. Ela lhe deu dois filhos. Slade serviu muito bem o seu país, e aceitou participar de um programa militar forjado para a criação de um super-soldado. Através da injeção de um soro experimental, Slade adquiriu maiores resistência, velocidade, durabilidade e capacidade cerebral, e outras habilidades que surgiriam futuramente como o seu famoso fator de cura. A história de Slade é de fato a mesma do Capitão América, mas sem o final feliz.

Adeline Kane tem sua vingança, TALES OF THE NEW TEEN TITANS # 44 (1984)

Graças ao seriado Arrow do CW, muitos fãs agora acreditam que o Exterminador perdeu um de seus olhos para uma das flechas de Oliver Queen. A verdade é totalmente diferente. Depois de ter sido negado o seu realistamento no exército, Slade tornou-se um grande caçador, e, em segredo, um mercenário. Mas o problema veio logo em seguida, quando um mercenário rival chamado Chacal, sequestrou o seu filho Joe Wilson (O futuro super-herói Jericó) e o chantageou a dar-lhe uma informação crucial sobre um de seus clientes. Slade escolheu lutar contra o Chacal, juntamente com sua esposa Adeline. Como você agora deve ter notado, Slade não é o cara mais sortudo do Universo DC, a garganta de seu filho foi cortada, tornando-o mudo. Isto, obviamente, enfureceu sua esposa, que tentou matá-lo, atirando em seu rosto. O olho do Exterminador nunca foi curado, mesmo depois que ele ganhou poderes regenerativos, e Slade nunca se arrependeu. Em vez disso, usa orgulhosamente um tapa-olho ou uma máscara cobrindo esse olho perdido, mostrando ao mundo que ele era tão bom em seu trabalho, mas ainda poderia fazê-lo com apenas um olho.

Exterminador em X-MEN VS NOVOS TITÃS (1982).
É seguro dizer que Slade Wilson é o vilão mais versátil de talvez todas as histórias em quadrinhos, algo que ele provou mesmo em um seriado como Arrow. As séries CW são quase em sua totalidade odiadas pelos fãs mais puristas, isto é, aqueles que realmente leram os quadrinhos no passado.
No seriado, Manu Bennett canaliza todo o legado de violência de Slade Wilson. Embora é preciso reconhecer que o personagem apresentado pela série tenha uma motivação muito fraca para ser considerado um Exterminador completo.
 
Slade Wilson/Exterminador (Manu Bennett), ARROW.

E por que o título desta postagem menciona derrotas?
O bom Exterminador teve muitos altos e baixos em sua carreira como vilão fodão e relutante anti-herói na casa do Batman e do Superman. E aqui reunimos alguns destes maus momentos e também procuramos despertar alguma reflexão, analisando aquilo que foi feito, além do que poderia ter sido realizado para o personagem, e ainda o que acontece com certos roteiristas ao assumirem as histórias de nossos personagens favoritos já desmotivados ou desgastados pelo tempo.



5º Lugar
Exterminador de John Wagner, Chain Gang Wars (1993-1994)

Esta fase do Slade Wilson foi provavelmente realizada com algumas das melhores intenções, mas sua moral e julgamento não coincidem com o Exterminador original, o que é praticamente um insulto. Slade sempre fez julgamentos sobre os seus trabalhos, mas nunca permitiu que alguém ficasse em seu caminho para concluir um serviço. Aqui há situações em que ele não permite a morte de um criminoso, mesmo quando este mereça. E a sua razão de guardar rancor pessoal com um dos protagonistas neste comic não foi, pelo menos na minha opinião, uma razão válida para torná-lo um rancoroso em primeiro lugar. Slade é um soldado.

Um ótimo momento dos anos 90: Anti-herói relutante. O Exterminador e o
Novo Titã Mutano finalmente fazem as pazes, NEW TEEN TITANS (1994).

Por outro lado, foi muito interessante a transformação do personagem em um anti-herói. A inclusão da personagem Rose Wilson, filha do Exterminador com um princesa Cambojana, também foi ótima.

Wintergreen conforta Rose Wilson após a morte de sua mãe,  DEATHSTROKE # 46 (1995).

Slade evita Rose em um esforço para mante-la segura, DEATHSTROKE # 48 (1995).

A jovem tinha poderes ainda mais fodas do que os do seu pai, e é uma pena que ela tenha se tornado uma piada de mal gosto e, do nada, o Exterminador tenha voltado a vilania para os roteiristas enlouquecerem Rose transformando-a em um irritante cosplay do pai. O renascimento de Rose em Novos 52, com um repertório de poderes ainda mais absurdos, batendo de frente com personagens do nível do Superman, foi uma das poucas novidades positivas desta trágica fase recente.



4º Lugar
Smallville Slade Wilson

Todo mundo que conhece o Exterminador já sabe porque esse cara aí é um problema. Esse homem não é o Exterminador. Ele é só Slade Wilson. Mas não realmente...
Este (tenso) seriado apresenta o personagem como parte do exército, velho, caolho, e ainda tendo Rose como filha, mas isso não é o que essencialmente cria Slade Wilson.
Ele de fato não precisa do seu traje clássico preto/azul e laranja para ser o Exterminador. O que cria Slade Wilson são as suas escolhas.
Em Arrow as más escolhas de Slade foram feitas devido ao mirakuru. É uma batalha consigo mesmo. Mas o lado mal do Slade de Smallville foi influenciado por Darkseid, fazendo deste homem essencialmente um fantoche. Assim, esta versão do Slade Wilson é um insulto.



3º Lugar
O novo Exterminador

Em um novo título mais recente, Deathstroke # 1 (2015), Slade, após mais uma morte seguida de ressurreição, desperta novamente jovem. Jovem e ainda com um novo olho no lugar de sua antiga órbita vazia. Ele foi rejuvenecido por uma pessoa misteriosa chamada I-Ching, a fim de ajudá-lo a derrotar o seu próprio pai, Charles Wilson a.k.a. Odysseus.
Não acompanhei esta série (Sou old school), mas há um fato muito conhecido sobre esta transformação que tornou Slade um pouco pior na luta já que ele não está mais acostumado a ter dois olhos. E o fato de nesta versão ele ter o cabelo negro ao invés de loiro o faz parecer mais um personagem da Bat-família.

Hulk, o Ranger Verde e o Exterminador:
O meu time para enfrentar o APOCALÍPSE ZUMBI.

Qual é a desta ideia estúpida?
Por que mudar o visual do Exterminador e alterar tão drasticamente a sua origem quando Manu Bennett fez tanto sucesso em Arrow interpretando um Exterminador de aparência madura e com uma origem que melhor referencia a original?
A mais nova atrocidade cometida contra Slade Wilson!



2º Lugar
O Exterminador de Tom Peyer em Covergence: the Atom (2015)

Eu realmente preciso escrever?


 
1º Lugar
 O Filho do Batman

QUE BOSTA! Você pode amar e glorificar Damian Wayne (o pior Robin de todos os tempos) de todo o modo que quiser, mas o homem com quem ele está lutando neste filme não é o Exterminador! Pode ser parecido com ele, mas não é nada além de um fraco lamentável, um idiota vingativo cheio de arrogância! Ele não pertencia a este filme tanto quanto não pertencia a Smallville. Este filme, como várias das atuais animações da DC são tristes de tão ruins.
É até uma surpresa que eu não tenha escolhido o Exterminador de Rob Liefeld para esta posição. Embora a arte terrível e a história mal construída sejam constantes no trabalho de Liefeld, ele não insultou o Exterminador da mesma forma que as outras versões o fizeram.

Manu Bennet após assistir O Filho do Batman.

Eu não adiciono o Exterminador que foi interpretado por Antonio Sabato Jr. (Lois e Clark: As Novas Aventuras do Superman), porque isso é outra coisa, e não deve ser reconhecido como uma versão Exterminador, apenas mais um outro cara que tomou o nome do personagem. E também não coloco o Exterminador de Beware Batman, porque mesmo que este Slade Wilson tenha sido semelhante ao Slade Wilson de O Filho do Batman, ele não era tão terrível.

Titãs da Costa Oeste do Exterminador.
Seria Slade Wilson "o pior e o melhor pai" do mundo?

Alguém ainda se lembra de quem foi Slade Wilson? Ele foi o cara que derrotou a Liga da Justiça!
Durante a série Crise de Identidade, o Exterminador foi encarregado como guarda-costas do vilão Doutor Luz. Para completar a sua tarefa, Slade enfrentou uma Liga da Justiça formada por alguns dos seus mais poderosos pesos pesados como Zatanna, o Flash e o Lanterna Verde.

Liga da Justiça humilhada pelo Exterminador, CRISE DE IDENTIDADE (2004).

O Exterminador começou a luta batendo tão forte em Zatanna que ela não podia mais falar ou sequer entoar algum encantamento; incapacitou o Flash com um único movimento o empalando com a lâmina da sua espada; cortou as asas do Gavião Negro; prendeu a cabeça da Canário Negro com uma máscara de borracha, impossibilitando-a de usar o seu super-grito; rompeu todas as flechas do Arqueiro Verde; bateu o Homem Elástico forte o suficiente para mante-lo inconsciente; derrotou o Eléctron com uma simples caneta laser; e, o mais impressionante, ele quebrou os dedos de Kyle Rayner e, usando sua própria força de vontade, quase tomou o controle do anel do Lanterna Verde. Ele só foi interrompido quando o Arqueiro Verde (como mencionado acima) atravessou uma flecha quebrada através da órbita vazia de Slade, enfurecendo-o, e dando tempo para o resto dos heróis se unirem contra ele.

Não é fanatismo o simples desejo de vermos os nossos personagens favoritos sendo decentemente representados nas mídias mais acessíveis ao grande público.



Hors Concours
Deadpool
 
Alguém ainda tinha dúvidas? Poderia haver derrota maior para um personagem como o Exterminador do que ser superado por sua própria cópia?
Infelizmente para o mundo, Rob Liefeld aparentemente não tem a capacidade de ver (o que explica a sua arte), e um dia decidiu desenhar um Exterminador com dois globos oculares (demostrando o anseio de Liefeld pela visão) e mostrou o desenho para o escritor Fabian Nicieza. Ao ver o "novo" personagem de Liefeld, Nicieza jocosamente o nomeou Deadpool, ou Wade Wilson, reconhecendo a semelhança do personagem, tanto na sua aparência quanto no seu papel como um poderoso mercenário já estabelecido pelo Exterminador. Depois de alguns anos, Deadpool, eventualmente, evoluiu de apenas mais um vilão mercenário que carrega uma quantidade desnecessária de armas, para apenas mais um anti-herói sarcástico, só que desta vez as pessoas que escrevem e desenham realmente viram a grande paródia que ele sempre foi.

Na Terra 3 do Universo DC, o Exterminador é de certa forma o Deadpool.
O máximo que os fãs poderiam ter de um encontro entre os dois personagens.

A série Deadpool tornou-se mais do que uma comédia, e um lugar onde o escritor Joe Kelly poderia fazer o que bem entendesse, porque ele esperava que ela fosse cancelada a qualquer momento. A série acabou tornando-se legitimamente engraçada, e estabeleceu Deadpool como um personagem muito mais complexo, interessante e popular do que o Exterminador poderia ter sido.
E de fato o filme solo do Deadpool está aí, sendo um grandioso sucesso de público e crítica, com o personagem interpretado novamente por Ryan Reynalds, mesmo após o fiasco do filme Wolverine Origens (A maior derrota do Deadpool). Ainda dá pra acreditar que este personagem foi criado por Rob Liefeld?

Slade descobre que o seu fator de cura o tornou imortal, DEATHSTROKE # 42 (1994).
Após se assassinado por Terra, em um banho de magma,
Slade retorna ao mundo dos vivos na forma de puro-osso.
OS JOVENS TITÃS (2002-2005).
 
O Exterminador e Deadpool, o Mercenário Tagarela, são semelhantes em praticamente tudo. Identidades secretas e civis, histórias, armas e super-poderes. Mas Deadpool é o típico caso de uma cópia que adquiriu muito mais personalidade do que o seu antecessor, graças aos roteiristas muito mais competentes que deram espetacular direção a sua série.
 
Os mais jovens provavelmente conheceram o Exterminador graças a sua bela releitura apresentada na animação Os Jovens Titãs. Apesar das diferenças aparentes, era de longe o mais marcante personagem da animação.  
Em Os Jovens Titãs, Slade aparece inicialmente como um criminoso que "contrata" os serviços de aprendizes. Apenas mais tarde ele passa a agir como um soldado contratado, como foi na épica quarta temporada, quando Slade volta do mundo dos mortos aliado ao demônio extradimensional (e pai da heroína Ravena) Trigon, o Terrível.
 

Deathstroke fact # 666: Slade vendeu sua alma ao Diabo
para ser o mercenário mais poderoso do universo. Após a
transação terminar, Slade pegou a sua alma de volta e
arrancou os chifres do capeta. Mas o Diabo, que aprecia
ironia, não ficou bravo e admitiu que deveria ter previsto isso.



"Você me chama de vilão. Nunca pensei em mim como um. Eu sou um mercenário. Um soldado para contratar. [...] Eu não roubo ou mato para ganho pessoal. Eu tenho um rigoroso código de ética."

Slade Wilson, TALES OF TEEN TITANS # 55
  
Mesmo sendo um arqui-inimigo dos Novos Titãs, Slade tem algumas convicções tão firmes que tornam possível para ele aliar-se ocasionalmente aos Titãs. Mesmo que ele esteja seguindo a sua própria agenda, ele geralmente pode ser confiável para fazer o que ele diz que vai fazer. Slade pode viver neste espectro moralmente cinza, mas ele não procura causar danos as outras pessoas por conta própria. Ele só vai fazê-lo se for pago para isso.
Em relação à preocupação de Slade com o compromisso, você pode ver isso principalmente no que diz respeito à sua família. Slade é leal a Adeline, sua ex-mulher, apesar de toda a animosidade. Ela tentou matá-lo, e ele não guarda rancor. Eu acho que ele vê as ações dela como completamente apropriadas porque estava agindo em nome do seu filho, e Slade lamenta o que aconteceu com Joe. No geral, ele quer o melhor para sua família, mesmo que isso signifique que precise ficar longe deles.
 
"De jeito nenhum. Eu não estive com Joe desde que ele era criança. Ele é direito... um bom garoto. Sua mãe o criou bem. Sabe, eu ainda a amo e acho que ela ainda me ama ... mas estamos comprometidos com objetivos diferentes. Mas ela criou Joe muito bem. [...] E eu estou muito orgulhoso dele."

Slade Wilson, TALES OF TEEN TITANS # 55

Apesar da vida de Slade como um mercenário, ele é antes de tudo um homem de família, o que é uma qualidade muito paradoxal. Slade mantém distância de sua família porque percebe que sua proximidade tem uma tendência a tornar suas vidas pior. Slade pode ser muito auto-destrutivo com as escolhas de vida que faz. Ele é definitivamente um cara complicado.
 
Por mais que eu prefira o Exterminador como personagem por tudo o que ele significou para mim, principalmente após a sua participação na animação Os Jovens Titãs, é indiscutível que ele nunca será um ícone tão presente na cultura pop como é o Deadpool, ainda mais agora com o sucesso do seu filme. O Piscina Mortal está mais conhecido e aclamado do que nunca.

Ao menos o Exterminador foi poupado de Teen Titans Go.
 
 

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

TOP 10 JOGOS MAIS DIFÍCEIS DA SNK

 
Os games produzidos pela SNK não são conhecidos por serem os mais fáceis, e por boas razões! Jogos de arcade são destinados a opor resistência aos jogadores experientes. Estes são aqueles jogos programados para fazer com que o cliente gaste o máximo de dinheiro possível, e para isso, foram concebidos como uma forma de entretenimento viciante e desafiadora. No entanto, nem todos os programadores são "algozes" e eles geralmente definem o nível de dificuldade de seus jogos em uma escala padrão, de modo que o nível "iniciante" pode ser completado sem muita dor de cabeça. Dentro de um número razoável de créditos os gamers podem jogar quantas vezes quiserem, melhorando e adquirindo experiência, vencendo os desafios.
Agora esqueça esta noção neste Top 10!
Os títulos nesta classificação têm apenas um objetivo: chutar a bunda do jogador, sem dar qualquer chance para voltar atrás e perseverar em busca de uma vitória! Descubra agora os dez jogos mais difíceis da SNK na opinião deste blog.


 
10º Lugar
Magical Drop 3
 
Poucos jogadores estão familiarizados com Magical Drop 3: este é um excelente jogo da Data East, provavelmente um dos melhores jogos do seu tipo. O game do estilo puzzle oferece um modo história muito agradável, no qual podemos avançar interagindo com os cenários para superar e vencer diversos desafios.
Bem, boa sorte para você se locomover dentro do jogo com o seu limite de crédito! Algumas passagens são extremamente difíceis, mesmo para um jogador experiente. Após umas três ou quatro linhas/colunas apagadas, o jogador cai em um ciclo extremamente complexo e rápido, que requer muita habilidade, um único erro pode definir a partida.
Não é um jogo impossível de se completar, mas repleto de obstáculos.
 
                                  
 
Dificuldade = De média e alta



 
9º Lugar
Fatal Fury Special
 
As coisas são diferentes aqui, a grande maioria dos jogadores familiarizados com os jogos de luta certamente jogaram Fatal Fury Special, e devem ter a série Fatal Fury entre as suas preferidas. Então, eles vão entender o que quero dizer quando digo que este jogo é muito difícil!
Alguns personagens como Andy Bogard ou Jubei Yamada são simplesmente imbatíveis quando eles são controlados pela máquina, e não podemos deixar de falar sobre os chefes! Mesmo que você nunca tenha conseguido alcançá-los, saiba que Billy Kane e Axel Hawk são verdadeiros assassinos, e eles vão deixá-lo com esperanças limitadas de algum dia enfrentar Geese, Krauser e Laurence!
 
                                 
 
Dificuldade = Muito difícil!



 
8º Lugar
The Super Spy
 
The Super Spy é um dos jogos mais longos da SNK, e vamos dizer que os créditos são no mínimo infinitos, no caso em que você queira ver o seu final.
Os ataques com socos e chutes disponíveis para o jogador são muito pouco eficazes contra certos adversários, enquanto a faca, que você também pode utilizar, enfraquece rapidamente, perdendo 90% de sua eficiência; as armas são carregadas com algumas poucas munições, e quando elas podem ser usadas, poderão ajuda-lo muito temporariamente. Adicione agora o pequenino bônus para a recuperação da vida, muito poucas armas ou munições para escolher ao longo das fases, e uma quantidade astronômica de inimigos que vão surgir a qualquer momento para arrebentar o jogador. Boa sorte! Você vai precisar!
 
                                    
 
Dificuldade = Mal distribuída



 
7º Lugar
Ninja Combat

Ninja Combat nunca foi realmente considerado pela crítica como um jogo difícil, e por uma única razão: ele oferece aos jogadores uma quantidade infinita de créditos permitidos. Mas se você olhar mais de perto, você percebe que zerar este game em apenas um crédito é totalmente impossível.
De fato, certas passagens são extremamente difíceis, até mesmo ao ponto de que é essencial usar o ataque especial, que custa um ponto de vida, para sobreviver. Quando se pensa na dificuldade de alguns desafios do jogo, logo lembramos do trio de loiras armadas com leques de combate que surgem várias vezes no jogo, nos mecanismos do quarto nível, e, claro, o último chefe, que vai roubar-lhe uma dúzia de créditos para vencê-lo.
 
                                 
 
Dificuldade = Passagens impossíveis



 
6º Lugar
Sengoku

No sexto lugar, novamente um beat 'em up: Sengoku. Lançado logo após Ninja Combat, e ainda mais difícil!
Os inimigos são demasiadamente numerosos e às vezes difíceis de ultrapassar: os jogadores devem correr o risco de chegar perto, sob a pena de, na maioria das vezes, receberem muitos golpes. Os chefes também são muito difíceis, e como se não bastasse, o jogo também é muito longo!
 
                                             
 
Dificuldade = Excessiva



 
5º Lugar
Legend of Success Joe
 
Em Legend of Success Joe, game inspirado diretamente em Ashita no Joe, um dos mangás de maior sucesso de todos os tempos, tudo parece ter sido organizado como um planejamento para o nosso assassinato: hits imprecisos, personagem movendo-se lentamente, controles de baixa qualidade, CPU chata... Acredite em mim, qualquer que seja o seu nível, você vai tomar uma surra violenta.
Finalizar o jogo também continua a ser um grande desafio, exigindo muito de sua habilidade e também da sua paciência!
 
                                   
 
Dificuldade = Relacionada ao Gameplay



 
4º Lugar
Magician Lord
 
Um dos melhores jogos do Neo Geo é também um dos mais difíceis.
Existem duas versões: na primeira, há dois pontos de vida básicos, mas depois da morte, a pessoa começa exatamente de onde ela morreu. Na segunda (a mais difícil), há três pontos de vida, mas caso você morra durante a fase, vai ter que recomeçar desde o início das fases ou a partir da última porta alcançada. Acrescente a isso as fases muito difíceis da plataforma, inimigos muito cruéis que sabem como atormenta-lo além das suas expectativas, e os chefes às vezes muito, muito difíceis de se bater.
 
                                
 
Dificuldade = Extremamente Alta




3º Lugar
Viewpoint
 
Viewpoint foi um dos grandes potenciais produzidos pela SNK. É um game com um objetivo bem simples, e reverenciado pela grande maioria dos fãs do estilo shoot and run.
O mínimo choque com algum obstáculo destrói por completo o veículo do jogador, que, em seguida, deverá recomeçar desde o início da fase, ou do último "checkpoint" passado. Para recomeçar é necessário que o jogador faça alguns ajustes, mas, mesmo uma vez dominado, você ainda enfrentará uma dificuldade praticamente constante com muitos inimigos, artilharia pesada e chefes assustadores. Você vai precisar de destreza e uma paciência descomunal para vencer!
 
                                  
 
Dificuldade = Somente para Profissionais



 
2º Lugar
Art of Fighting 2
 
Aqui  está o mais difícil jogo de luta produzido pela SNK, e provavelmente um dos mais difíceis de todos os tempos! Em Art of Fighting 2, você enfrentará uma dificuldade muito incomum para os jogos do mesmo estilo.
A CPU neste jogo é incrivelmente violenta, mesmo no modo fácil! Caso você vá aventurar-se neste game, é praticamente essencial que antes de ter terminado o primeiro Art of Fighting com um mestrado em Haoh Sho Ko Ken e Ryuko Ranbu! Os adversários tem reflexos sobre-humanos para conter os seus ataques, nunca cometem erros e sempre vão encontrar uma forma de puni-lo com uma surra gravemente violenta para cada luta ou tentativa de retorno em algum crédito. Uma única solução é pacientemente observar e procurar por falhas no jogo da CPU de cada personagem...
 
                                 
 
Dificuldade = Insana!




1º Lugar
The King of the Monsters 2
 
E este é o nosso número um, o campeão indiscutível, o maior responsável pelos suicídios por enforcamento entre os jogadores, The King of the Monsters 2. Aqui não há necessidade de procurar alternativas ou falhas para avançar nas fases. É simplesmente uma questão de tempo antes de morrer. Dentro dos combates com monstros gigantes, você ficará sete a cada dez vezes incapaz de tomar vantagem sobre a CPU. Além disso, tentar ficar longe do perigo será geralmente vão, pois os seus adversários têm mais alcance do que você. Receber os golpes inimigos também remove muito mais vida do que os seus golpes são capazes de fazer. Eles também têm a capacidade de bloquear, mas você não! Chega a ser engraçado, não é?
Note que é possível atravessar as duas primeiras fases com o primeiro crédito, com muita prática e estratégias covardes, mas a partir da terceira fase, prepare-se para ser punido, porque nada vai te salvar!
Ao final de The King of the Monsters 2, você terá a impressão de ter foi esmagado sob um rolo compressor! Se você quiser manter sua sanidade, aqui vai um bom conselho: fique longe, muito longe deste jogo!
 
                               
 
Dificuldade = Apocalíptica!

 
Muitos outros jogos da SNK podem exibir uma terrível dificuldade, gostaria de citar como menções honrosas Sengoku 2, quase tão duro quanto o primeiro, e também os primeiros jogos da série The King of Fighters. No entanto, a dificuldade nesses jogos não é tão frustrante: eles estão entre os jogos em que a progressão de um jogador ainda é possível, embora por vezes limitada.
Em nosso Top 10, eu desejo boa sorte para os bravos que quiserem experimentar o One Credit, claro!